Tenho vários casos de câncer em minha família.

Câncer de mama:
vamos prevenir?

1

Entre 5% e 10% dos casos de câncer de mama têm uma causa hereditária.

2

Se você reconhece vários casos de câncer em sua família, converse com seu médico sobre a necessidade de uma avaliação oncogenética.

3

A partir do histórico familiar, o oncogeneticista avalia o risco de uma predisposição genética, podendo ampliar a investigação.

4

De acordo com o resultado, cria-se um plano de prevenção personalizado.

5

As mutações herdadas mais comuns ocorrem nos genes BRCA1 ou BRCA2. Nesses casos, o risco de câncer de mama ao longo da vida é de 40% a 80%. Essa mutação também aumenta o risco de câncer de ovário.

Risco aumentado:
como reconhecer?

Algumas situações indicam um possível risco aumentado
por herança genética e merecem ser investigadas:

(Fonte: American Cancer Society)

ATENÇÃO! Mesmo que você não faça parte de um grupo de risco, qualquer alteração notada em suas mamas deve ser avaliada por um ginecologista ou mastologista.

Menu